NUmber One 728x90

Paris, Paris...

sexta_em_paris-01-01Hoje é dia de falar dela, da nossa amada e idolatrada Torre Eiffell. Se você já sonhou em ir a Paris, com certeza no seu sonho você a fotografou. Se você já foi a Paris, tenho mais do que certeza que você a fotografou de verdade, por varios ângulos e em vários momentos. Você passeava por Paris e, de repente, lá estava ela se revelando atrás de algum prédio ou no final de uma rua pitoresca. E então você reagia como se a visse por primeira vez. “Uau, é a torre!” e tirava mais uma foto… sim, eu sei porque comigo foi assim.

Mas afinal, por que amamos amar uma torre de metal?

1. Ela é símbolo de um sonho

Quando foi inaugurada, em 1889, a Torre Eiffel comemorava os 100 anos da Revolução Francesa, ou seja, o triunfo das ideias de Liberdade, Igualdade e Fraternidade. Portanto, para os franceses ela é o símbolo de uma vitória e orgulho de uma nação.

Mas para nós que não somos franceses ela também representa um sonho, pois Paris é o sonho de muitos e, não raramente, a primeira cidade que visitamos no exterior.

2. Ela é imponente

Com seus 324 metros de altura, foi por muitos anos a construção mais alta do mundo, perdendo para o edifícil Crysler, em Nova York, em 1930. Mas ainda assim, ela impressiona e cria um vínculo de identidade com Paris. Em várias partes da cidade você a vê e é como se nunca esquecesse onde está.

3. Ela é romântica

Presente em inúmeros filmes – quase sempre românticos – ela é o cenário perfeito para histórias de amor. Não é à toa que se vê tantos casais fotografando embiaxo dela e muitos outros que escolhem Paris para sua Lua de Mel.

4. Ela é popular

A torre Eiffel é o monumento pago mais visitado do mundo. Estima-se que receba cerca de 7 milhões de turistas todos os anos. Definitivamente, visita-la é um programa que está sempre na moda.

5. Ela é o melhor lugar para apreciar Paris

Que Paris é linda não é novidade para ninguém, mas vou lhe contar algo que talvez você não acredite: quando você vê a cidade de cima da torre, você se apaixona por ela pela segunda vez. Eu diria que é ótimo como primeiro programa em Paris porque você, além de ter uma visão geral da cidade, consegue se familiarizar com as regiões onde está cada atração tusitica, já que vê várias dela lá do alto.

Dicas para aproveita-la melhor

A primeira coisa que posso lhe dizer é: chegue cedo! Se você for bem de manhã não enfrentará muitas filas para subir cada nível e ainda terá mais liberdade para andar por ela e tirar fotos.

Você pode optar por subir os primeiros dois níveis de escada ou elevador. Eu subi de escada porque praticamente não tinha fila (já a do elevador…) e me surpreendi ao adorar fazer isso. À medida que você vai subindo, vai “entrando no clima” da torre, sentindo mais o frio, o vento e quando percebe você está olhando cada detalhes da estrutura de metal, se perguntando sobre os anônimos que trabalharam nessa mega construção no século XIX (!!!).

Você pode se informar sobre os horários e preços do período da sua viagem no site oficial da Torre Eiffel.

Também há a opção de contratar tours particulares, como os da Paris City Vision, e não se preocupar com mais nada.

Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...
Paris, Paris...

Jornalista, escritora, fotógrafa e viajante (quase) profissional com mais de 20 países no currículo. Ama um avião, mas ainda mais solos diferentes, pessoas diferentes e comidas diferentes.