NUmber One 728x90

Quando você pensa em Nova York, qual a primeira coisa que lhe vem à cabeça? Prédios? Muita gente? Táxis amarelos? Eu sempre me lembro das flores. Sim, das flores! Porque me lembro como me surpreenderam quando conheci a cidade que tanto sonhei, mas que em meus sonhos era menos colorida que na realidade.

A minha Nova York dos sonhos tinha muitos prédios, muitos carros, gente andando por todos os lados e a Carrie Bradshaw desfilando seus saltos e estendendo a mão por um táxi. Mas a cidade que descobri, na realidade, tem tudo isso sim e também muitas flores, que brotam no Central Park – o lugar mais obvio – mas também em jardins particulares, praças escondidas e, principalmente, nas ruas da Big Apple.

Por isso, quero celebrar a chegada da Primavera no Hemisfério Norte com uma homenagem a um dos meus destinos preferidos.

Quando for a Nova York, principalmente se for na Primavera, não deixe de repara-las, é mais um dos encantos dessa cidade encantadora. Nova York ama contrastes e acho que nada mais justo o contraste da natureza colorida com seus prédios em tons neutros. É como se as flores quisessem dizer “sai pra lá concreto que eu quero brilhar!”, seguindo as palavras de Sinatra que cantava que se você sobrevive lá, sobrevive em qualquer lugar.

New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York City
New York Flowers
New York Flowers
New York Flowers
New York Flowers
New York Flowers
New York Flowers
New York, New York
Carrie Bradshaw Apartament
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York
New York, New York

Jornalista, escritora, fotógrafa e viajante (quase) profissional com mais de 20 países no currículo. Ama um avião, mas ainda mais solos diferentes, pessoas diferentes e comidas diferentes.