NUmber One 728x90

Budapeste

Dizem que o Café New York, em Budapeste, é o mais bonito do mundo. Eu acredito.

A verdade é que o edifício desse café é realmente imponente. Se o luxo está nos detalhes, não ha dúvidas de que se trata de um lugar luxuoso.

Logo na entrada um aviso mais ou menos educado avisa que é proibido tirar fotos se você não for cliente. De primeira pensei que se tratava de um gesto rude e até descabido, mas enfim, estava lá, o lugar era lindo, sentamos para ser clientes.

E não nos arrependemos. O café da manhã não é dos mais baratos de Budapeste, mas não é mais caro que muito café no Rio de Janeiro, achei bem justo o preço que se paga por um lugar com tanto requinte. A cesta de pães é infinita e quando você já não aguenta mais comer, o garçom pergunta se quer a segunda, pois sim, o café da manhã inclui duas cestas, sendo a segunda igualmente infinita. Nem falar nas geleias caseiras que vêm em potinhos individuais que dão vontade de enfiar na bolsa e levar pra casa. Ah, e você pode levar se quiser, não se preocupe. Eu fiquei com vergonha.

Pessoas mais cara-de-pau poderíam presentera-las como souvernirs de Budapeste, hehe. Eu nem ligaria de receber uma, são maravilhosas mesmo.

E foi então que entendi o porquê do aviso aparentemente rude. É impressionante a quantidade de pessoas que entram apenas para “conhecer”, e “conhecer” nos dias de hoje significa sair tirando fotos de todos os cantos de um lugar. Eu sei, sou fotógrafa, quero mais que ninguém registrar tudo em uma viagem, hehe.

Mas enfim, o ideal é fazer suas fotos (ficarão lindas que qualquer ângulo!) e não virar as costas e ir embora. Sente-se, sirva-se do café maravilhoso e viva um momento que fotografia nenhuma irá trazer de volta.

Saiba mais sobre New York Café de Budapeste no Tripadvisor.

Budapeste
Budapeste
Budapeste
Budapeste

Jornalista, escritora, fotógrafa e viajante (quase) profissional com mais de 20 países no currículo. Ama um avião, mas ainda mais solos diferentes, pessoas diferentes e comidas diferentes.