NUmber One 728x90

Wien

É quase impossível pensar em Viena e não pensar no Palácio de Schönbrunn. Residência de verão da família real austríaca desde o século XVIII até a Segunda Guerra Mundial, o palácio é um dos grandes símbolos dos tempos áureos da família Habsburgo.

Não é a toa que é comumente chamado de Versailles austríaca, já que lembra o castelo de verão francês. Se me permite a comparação, eu diria que prefiro o castelo austríaco, não tanto pela arquitetura  - o Palacio de Versailles tem um prédio mais bonito – e sim pelo “conjunto da obra”. pois acho seu acervo maior que o francês. (Vale lembrar que muitos dos objetos e móveis originais de Versailles foram transferidos para o Museu do Louvre.)

No seu interior podemos passar horas visitando seus aposentos, vendo peças originais da época em que os Habsburgo viviam ali e entendendo o luxo em que viviam algumas das figuras mais importantes da Europa. Super recomendo acompanhar o audioguia que conta toda a história da família e sua relação com grandes acontecimentos históricos.

E podemos dizer que nós brasileiros temos um pezinho lá já que tivemos uma imperatriz com o imponente sobrenome Habsburgo: D. Maria Leopoldina, mulher de D. Pedro, nasceu viveu nesse palácio até se casar com nosso primeiro imperador.

Mas a beleza desse castelo não fica completamente guardada em seu interior, os seus jardins são um espetáculo à parte. Você irá caminhar muito, mas muito mesmo, no dia em que visitar esse palácio. Irá subir uma colina e chegar a um antigo anexo do palácio (Gloriette) hoje transformado em café, só para poder tomar um bom cappuccino (gelado se for no verão) e apreciar o palácio por inteiro. (Vai por mim, você precisa fazer isso!)

No jardim também se encontra um grande labirinto verde que, à primeira vista, parece brincadeira de criança, mas tenho certeza que fará você se divertir e perder uns bons minutos.

Também no jardim estão várias obras de arte como esculturas e vasos de plantas, além de famosa fonte de Netuno, quase tão imponente como o castelo.

Recomendo separar um dia da viagem para aproveitar bem o palácio. Assim você pode visitar os aposentos sem pressa, passear pelo imenso jardim, tomar um café maravilhoso e ainda desfrutar do fim de tarde observando um Patrimônio Cultural da Unesco.

Para Chegar

Você pode pegar a linha U4 do metrô e descer na estação Schönbrunn.

Ingressos

Para o palácio, há duas opções: o Imperial Tour que lhe da direito a conhecer 20 quartos por EUR 11,50  (EUR 8,50 para crianças) e o Grand Tour se você quiser fazer uma visita mais completa, com 40 quartos por EUR 14,50 (EUR 9,50 para crianças).

Você tem a opção de pagar EUR 3,50 para subir na Gloriette e ter uma vista de Viena.

O labririnto custa EUR 5 (EUR 2,90 para crianças).

Saiba mais sobre compra de ingressos no site oficial do palácio.
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien
Wien

Jornalista, escritora, fotógrafa e viajante (quase) profissional com mais de 20 países no currículo. Ama um avião, mas ainda mais solos diferentes, pessoas diferentes e comidas diferentes.